12 de abril de 2012

2˚ dia em Búzios

Acordar cedo em Búzios é obrigatório para aproveitar o sol numa hora que as praias ainda não estão lotadas.
Saindo do hotel seguimos pela direita na orla em direção a praia da Armação onde tem umas estátuas de 3 pescadores no meio do mar.


Dá pra ir até eles tirar fotos mas já adianto que é um pouco difícil pois metade do caminho é de pedras bemmmmmmm escorregadias e machucam o pé.

Passamos pela praia dos Ossos, onde foi filmada a novela Viver a vida, mas lá não é legal pra entrar no mar pois tem muitos barcos então seguimos a pé pra praia Azeda. De água transparente e areia clara, a praia é bem bonita apesar da curta faixa de areia e da falta de estrutura principalmente relacionado a comidas.
Pra mim que sou de João Pessoa e acostumada com as praias do nordeste, é muito estranho ver uma praia que não tenha barracas de comida, duchas e uma faixa de areia bem larga.

Da Azeda pegamos um taxi marítimo e fomos pra praia João Fernandes.
Andar nesses taxis é muito legal e é super comum... não precisa chama-los, eles estarão lá a qualquer hora e as vezes formam filas na areia das praias de pessoas esperando pra ir pra outras praias com esses taxis.




Na praia João Fernandes tem alguns restaurantes mas os preços são tão salgados quanto a água do mar, massssss sentar em um desses restaurantes e apreciar a vista é muito bom.
Ficamos no " O Pescador ", muito bom, com música ao vivo e de qualidade, mas uma porção de camarão a milanesa, uma caipifruta e uma coca-cola me custaram R$71,90





O resto do dia foi na piscina do hotel, de frente pro mar, uma vista MARAVILHOSA!





A noite fomos jantar no restaurante Deck que fica vizinho a pousada que ficamos, na orla, uma graça de lugar, super aconchegante. Pedimos uma pizza de muzzarela de búfula, camarão e cogumelos, uma margarita, um suco de morango e um capuccino. Muito boa comida, muito boa bebida, muito bom atendimento. Mas como tudo em búzios... CARO! Deixamos R$100,80 por lá, onde 12% era só de taxa de serviço... sim... eles cobram 12% e não 10% como o resto do mundo está acostumado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário