17 de julho de 2014

HOTEL EM SANTIAGO: DEPARTAMENTOS AMOBLADOS COSTASUECIA

A minha escolha de hotel em Santiago do Chile foi o Departamentos Amoblados Costasuecia, que como o nome já diz, trata-se de um apartamento mobiliado e não propriamente de um hotel, ou seja, alguém comprou vários apartamentos em um edifício residencial comum e os aluga para turistas como aparthotel, mas não se iludam, não é um apartamento grande, está mais para um flat ou uma kitnet e eles oferecem diferentes preços de acordo com os diferentes tamanhos de apartamentos.

Quando comecei a pesquisar os hotéis em Santiago comecei a perceber a dificuldade de se achar um bom hotel, em um bom bairro por um preço razoável, todos os que eu via com diárias mais baixas que R$300,00 tratavam-se desses aparthoteis; no começo eu estava um pouco insegura e comecei a pesquisar as opiniões das pessoas, até encontrei no blog Borboletas na Carteira (um blog de moda que eu leio de vez enquanto) falando sobre um desses Departamentos amolados de Santiago e então fiquei mais tranquila.

Vamos falar do Costasuecia...

Entrada do prédio



Por ser um edificio normal, ele não tem recepção e também não tem nome na fachada, a única coisa que o identifica é o número 151, então não adianta muito falar pro taxista o nome do "hotel", é melhor lhe entregar um papel com o endereço do local.
Ao chegar, pode tocar o interfone que o porteiro abrirá a porta pra você e então é só dizer que tem uma reserva e que quer falar com a Viviana que ele a chamará pra falar com você.
Viviana é a moça responsável por cuidar dos apartamentos do Costasuecia, mas atenção, ela vai embora as 18:00h, então se programe para chegar lá bem antes disso ou então procure outro hotel, pois li alguns relatos de viajantes que chegaram a noite e não tinha ninguém para entregar a eles a chave do quarto e por isso eles tiveram que procurar outro lugar pra dormir naquele dia, tendo despesas extras e um transtorno desnecessário.


Fiz reserva para um quarto tipo "estúdio" que é o menor e mais barato e me deram o quarto 705, mas só conseguimos ficar ali na primeira noite pois o banheiro e a cozinha eram muito mal cuidados e sem higiene, fiquei com nojo e não consegui usar nenhum utensílio da cozinha. No segundo dia falamos com a Viviana que gentilmente nos trocou para o quarto 704 que era um quarto e sala com cozinha americana. Muito melhor. E é obvio que tivemos que pagar uma diferença que não foi grande, valeu a pena porque iam ser dez dias .







Só tivemos um problema no 704, o aquecedor não estava funcionando e passamos um pouco de frio porque de madrugada estava fazendo em torno de 5˚C

Por não ser um hotel, não espere que tenha restaurante ou café da manhã, porque não tem, mas como conta com uma mini cozinha é possível comprar comida no supermercado e prepara-la no quarto sem o menor problema, alias, ha 5 minutos a pé localiza-se o Costanera Center, o shopping mais novo e mais legal da cidade e no primeiro piso tem o Supermercado Jumbo com muita variedade de pães, biscoitos, bebidas e etc, contando inclusive com uma área de produtos importados.
Muito bem localizado, conta com várias opções de pequenas cafeterias e restaurantes perto, inclusive tem um Starbucks e o  Restaurante Giratório ha 2 min a pé.
O edifício fica estrategicamente localizado ha poucos passos da estação de metro Los Leones, o que facilita bastante a locomoção na cidade, e também fica próximo a uma das paradas do Hop on Hop Off (ônibus de turismo).

E para finalizar, se você for do tipo de viajante mais independente, vai adorar esta opção, mas se você é do tipo de turista que gosta de um pouco mais de luxo, de recepção com staff que possa te indicar e até reservar passeios turísticos, deverá desconsiderar essa alternativa, até porque, apesar dos porteiros serem muito gentis e atenciosos, eles não falam absolutamente nada em português ou inglês e como não trabalham com turismo não sabem indicar o que fazer na cidade, são apenas porteiros de um prédio comum.


Fotos tiradas do site do hotel





Nenhum comentário:

Postar um comentário