20 de fevereiro de 2015

ONDE FICAR EM ORLANDO: HOTEL THE POINT ORLANDO RESORT

Todo mundo diz que hotel em Orlando é super barato e realmente existem hotéis muito baratos, mas a maioria deixa muito a desejar em muitos quesitos, então se você liga pra dormir em uma cama boa e tomar banho em um banheiro limpo, depois de um dia inteiro andando, eu indico que pesquise bastante sobre os hotéis e veja as opiniões de outras pessoas que já se hospedaram nele.

Eu fiquei 11 dias no The Point Orlando Resort por indicação de um amigo e vou contar um pouquinho pra vocês.


  • LOCALIZAÇÃO
Pra quem está de carro e não se importa de ter que tirar o carro da vaga pra ir pra qualquer lugar, o hotel está bem localizado.
Ele fica perto dos parques da Universal e do outlet Premium Internacional Drive, mas não tem absolutamente nada em volta do hotel, ou seja, se quiser sair somente para comer uma pizza, terá que sair com o carro.

Google Maps



  • QUARTOS
Fiquei em um quarto duplo, que tinha uma cama de casal, um sofá-cama, uma mesinha de centro e uma mesinha de canto, além do banheiro e de uma mini cozinha com cafeteira, microondas, frigobar e fogão.
O quarto era confortável, a cama era bem gostosa e a limpeza foi Ok. 
Quando eu estava pesquisando os hotéis, vi vários comentários de que alguns hotéis não tinham limpeza diária dos quartos, e muitos hospedes que queriam a limpeza diária tinham que pagar as camareiras por fora; graças a Deus isso não aconteceu no hotel que eu escolhi, meu quarto foi limpo todos os dias.

Imagem retirada do site hoteis.com


  • ESTRUTURA
Talvez eles não entendam bem o conceito de Resort, porque de Resort o hotel não tem nada.
A parte comum conta com um lobby pequeno, uma cafeteria minúscula, uma piscina e um bar na piscina.

Imagem retirada do site hoteis.com


  • RESTAURANTES
Essa foi a minha maior decepção com este hotel.
Eu já sabia que o café da manhã não estava incluso, mas tinha lido na internet que eles serviam o café da manhã por um preço adicional, e como não tinha nada perto do hotel, resolvemos tomar o café da manhã ali mesmo, mas a cafeteria, onde é servida essa refeição, é extremamente pequena, deve ter umas seis mesas com três cadeiras cada, o buffet é bem fraco e com poucas opções e custa 11 dólares por dia e por hóspede. O que me salvou é que lá são servidos cafés do Starbucks (que eu amo) e a um preço mais baixo do que os praticados nas lojas do Starbucks.

Imagem retirada do site hoteis.com
E o bar que fica na piscina fecha super cedo, um dia cheguei do outlet as onze horas da noite e estava louuuca pra comer alguma coisa, tomar um banho e cair na cama, mas quando chegamos no bar, ele já estava fechado. 
Me hospedei lá em abril, fora de temporada, não sei como eles funcionam no verão, mas acredito que no verão seja um horror, o bar é pequeno e a cafeteria é minúscula, ambos não comportam muita gente.



  • PONTOS POSITIVOS
Três coisas fizeram diferença pra mim na hora de optar por este hotel...
Internet Wi-Fi, estacionamento e armazenamento de encomendas gratuitos.
Nos Estados Unidos é normal cobrarem para receber e armazenar qualquer encomenda que o hospede faça pela internet e que seja para entregar no hotel, visto que, é uma pratica comum, principalmente pelos brasileiros (mas não só por nós), e eles estão sabendo tirar proveito disso, uns somente pra ganhar dinheiro e outros porque o espaço de armazenamento não é grande, e se é cobrado restringe a quantidade de encomendas que chegarão ao hotel. Mas no caso do The Point, eles oferecem esse serviço gratuitamente.

Estacionamento também é um item que normalmente é cobrado a parte, já que a maioria das pessoas aluga carro e os hotéis não tem vaga de estacionamento para todos os hospedes. No The Point isso não é cobrado e o estacionamento é grande, mas como eu já disse, fui em baixa temporada e o estacionamento ficava cheio.

O terceiro ponto é a internet free. Quem hoje em dia não procura um hotel que ofereça esse serviço de forma grátis? Infelizmente nem todos os hotéis oferecem internet de cortesia, a maioria cobra o valor a parte. 



Resumindo, este hotel não foi o melhor que já fiquei, mas também está longe de ser o pior, é um bom hotel, mas peca em alguns pontos. Mas no geral, a avaliação é positiva.



Nenhum comentário:

Postar um comentário