11 de março de 2016

O QUE EU ACHEI DE ESTUDAR NA KAPLAN DE VANCOUVER

Eu já falei algumas vezes aqui no blog e no canal do Youtube que eu já fiz dois intercâmbios de idioma, um em 2008 para a Espanha e o mais recente, em 2015 para o Canadá, e hoje eu vou falar um pouco da minha experiência na escola Kaplan PLI de Vancouver, onde eu estudei durante 16 semanas. Vou falar somente o que eu achei da escola, a minha opinião sobre o método que eles utilizam e etc, mas se você quiser saber sobre a estrutura física da escola é só clicar aqui.


Kaplan PLI


PRIMEIRO DIA: As aulas na Kaplan de Vancouver no turno matutino começam as 8:30 e as do turno vespertino começam as 14:00, mas como você só ficará sabendo em qual turno estudará após fazer o teste de nivelamento, você precisará chegar à escola as 8:00 no seu primeiro dia de aula que normalmente acontece as segundas-feiras, mas se na segunda for feriado local, seu primeiro dia será na terça-feira.

Assim que você chegar a escola, precisará ir até o balcão da recepção, eles te pedirão um comprovante do seu seguro saúde, te entregarão um material e te encaminharão para a sala onde acontece a apresentação inicial. Como eles fazem isso com aluno por aluno, esse processo pode demorar um pouco e você ficará na fila aguardando a sua vez.



Kaplan Vancouver
sala de apresentação inicial e teste de nivelamento

Cada aluno escolhe um computador onde fará o teste de nivelamento, e eu indico que escolha um dos computadores que ficam de frente para o telão lá no fundo da sala, pois será lá que mostrarão todas as informações.
A apresentação dura a manhã inteira e é toda feita em inglês mas eles tem o cuidado de falar um pouco mais devagar do que o de costume para facilitar para as pessoas com pouco domínio do idioma. Se o seu nível de inglês é zero, sugiro que estude um pouco antes de embarcar para não perder todas as informações do primeiro dia mas se não quiser fazer isso é só seguir o fluxo e você conseguirá fazer o teste de nivelamento, mas não entenderá nada durante toda a manhã.
Você só saberá o horário que irá estudar no final do primeiro dia, por volta das 19h eles liberam no site da kaplan o resultado do seu teste de nivelamento, o turno da sua aula e o número da sua sala.

A escola tem parceria com uma empresa local de turismo, a West Trek, e no final da manhã, um dos guias dessa empresa vai até a escola para fazer um mini tour guiado com os novos alunos por dentro da escola e pelas imediações, mostrando alguns pontos importantes. É bem interessante.

A minha primeira impressão da escola foi boa!


TESTE DE NIVELAMENTO: O teste de nivelamento tem 4 fases, 3 delas acontecem no computador, essas 3 são: questões de gramática (grammar), questões de interpretação de texto (reading), questões com audio (listening) e por último, a fase do speaking, que é presencial e em uma salinha reservada, onde a examinadora te fará umas perguntas e vai analisar a sua capacidade de falar o idioma.
É claro que se você não sabe absolutamente nada do idioma, esse teste será difícil, mas como você está ali para aprender, é necessário que eles saibam o seu real nível do idioma, então não vale burlar o teste e procurar as respostas no google, você é o único que sai prejudicado.

No teste eles não avaliam a sua capacidade de escrita.


TURNO DE ESTUDO: A Kaplan oferece aulas de manhã e a tarde, mas em um primeiro momento é a escola quem decide o turno que você estudará, de acordo com o seu nível e com as salas disponíveis. Se você não gostar do turno que ficou pode solicitar a troca para o turno inverso, mas a solicitação será avaliada pela escola podendo ser deferida ou não. No caso da troca ser aceita pela instituição, ela só será realizada na segunda-feira seguinte, ou seja, você precisará completar uma semana no turno que eles escolheram pra você.

Esse é um dos pontos que eu achei bem ruim na Kaplan, principalmente para quem vai passar apenas 1 mês na escola, pois se você fica no turno da tarde, terá menos tempo para conhecer a cidade, para aproveitar as atrações e vai ter que ficar pelo menos 1 semana neste turno, podendo ser mais tempo, porque sim, a chance de eles negarem o seu pedido de troca é real.
O pior é que eles sabem que tem gente que prefere estudar a tarde e tem gente que prefere estudar de manhã, então deveriam fazer esta pergunta pra cada aluno durante o teste de nivelamento, e somente se não conseguirem completar as turmas, remanejassem os alunos de turno.
E eles podem te mudar de turno a qualquer tempo do curso, então toda segunda a noite você precisa ficar de olho na sua grade no site, porque pode ser que eles te mudem sem mais nem menos.
Me mudaram 1 vez e negaram meu pedido de troca de turno 1 vez. Pensem como eu fiquei feliz!


AS AULAS:  Diferente da escola que estudei na Espanha, a Kaplan não tem a aula muito bem planejada, tendo somente um professor por turma e é ele quem decide o que dará a cada dia, ou seja, não tem um horário especifico pra gramática e outro horário para leitura e conversação, então se o professor quiser dar uma aula inteira somente de gramática, ele dará. 
Outro ponto negativo nessa escola.

Tem pessoas que tem mais facilidade em gramática, outros tem mais facilidade em conversação e por isso todos os pontos do idioma devem ser praticados sempre para que possa atender a dificuldade de todos os alunos sempre.
Outra coisa muito ruim nesse método, é que pra quem odeia gramática é super desestimulante e cansativo ter uma  manhã inteira somente de gramática, pra quem é super tímido é muito difícil passar a manhã inteira tendo que falar com outras pessoas sem parar. O ideal seria ter horários separados, diários e previamente definidos para cada habilidade do idioma.

E o que mais me irritava dentro de sala de aula é que parece que a escola não tem muitos critérios para decidir o nível de cada aluno. Como pode um aluno estar no nível intermediário avançado e não entender quando a professora pergunta o que ele fez durante o fim de semana? Isso é coisa do nível intermediário iniciante. E não era um ou dois alunos que não entendiam nada do que os professores falavam, isso era muito comum e me irritava muito, pois atrasava muito a aula, eu perdia a paciência, perdia o foco e a vontade de ir pra aula. O mais engraçado, é que os professores (pelo menos os 3 que eu tive) concordavam comigo e diziam que nem todo mundo que estava naquela sala, tinha condições de estar naquele nível.


TESTE PARA MUDAR DE NÍVEL: A maioria das pessoas que trabalha com intercâmbio diz que estudar fora é praticamente a mesma coisa que fazer 1 semestre de idioma em 1 mês, ou seja, em 1 mês você mudaria de nível se tivesse real aproveitamento do curso que fez, mas na Kaplan você só tem a chance de mudar de nível de 10 em 10 semanas, ou seja, você precisa ficar 2 meses e meio em cada nível. Sinceramente, 10 semanas é muito tempo para ficar em um mesmo nível, são pelo menos 150 horas, considerando o curso de 20 lições semanais, sendo que um semestre de curso de idioma no Brasil são cerca de 60 horas de aulas.

Outra coisa bem ruim no teste é que são mais e 20 pessoas de níveis diferentes numa mesma sala, as provas são feitas no computador, inclusive a parte oral, agora imagine você em uma sala com mais ou menos 25 pessoas, todas fazendo a parte oral ao mesmo tempo, imagine essa mesma situação sendo que você pode ser uma pessoa com dificuldade de concentração. Por mais que todos os alunos usem fone de ouvido ainda se ouve o barulho das pessoas falando ao mesmo tempo e isso super desconcentra, é muito ruim, também é muito ruim você estar fazendo sua prova de gramática ou a de redação e a pessoa ao seu lado já estar na prova oral, você precisa se concentrar para pensar numa língua que você provavelmente não domina, precisa pensar no tema da redação e tem uma pessoa do seu lado falando o tempo todo, isso é uma bosta!



Acho que deu pra perceber que eu não gostei muito da escola né!? Mas eu não quero generalizar todas as escolas da rede, afinal, não estudei na kaplan dos outros países e não sei como funciona em outros lugares, mas a de Vancouver realmente eu não gostei, principalmente se eu comparar com a Enforex, a escola que estudei na Espanha e que é excelente.





7 comentários:

  1. A falta de sequencia nos conteudos é pessima, uma vez que se há troca de professor acontece de passarem o mesmo conteudo, ja visto anteriormente. Deveriam ter um planejamento melhor e todas as turmas do mesmo nivel terem a ´mesma´ aula. A prova oral deveria ser com o professor e o principal quesito para mudanca de nivel a conversacao, para que os colegas de classe contribuam com o aprendizado ao inves de atrapalhar.

    ResponderExcluir
  2. Oi Pat, tudo bem?

    Eu sou o Filipi da equipe de marketing da Kaplan.
    Estou passando aqui so para avisar que o seu feedback ja foi passado para o gerente da escola. A opinião dos nosso alunos é muito importante para nós.
    Te mandei um e-mail também.
    Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Filipi, tudo bem?
      Sabe me informar se já mudou algo em relação a crítica da Pat?
      Aguardo retorno.
      Abs.

      Excluir
  3. Estava pensando em ficar na Kaplan em Londres mas acabei desistindo. Vou ficar 12 semanas e imagina ficar no mesmo nível!

    ResponderExcluir
  4. Tambem gostaria de saber... Estou indo em agosto, mas estudar a tarde sem chance...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se estudar a tarde é fora de cogitação pra você, esqueça a Kaplan pois ha grandes chances de você ficar a tarde. Sério!
      Dependendo da escola você pode escolher o turno que vai estudar, e já sair do Brasil com isso definido.

      Excluir
  5. Olá Pat!
    Que bom foi poder ler seus comentários.
    Eu ficaria muito chateado em pagar um programa "caro" e estudar em uma escola desorganizada.
    Eu ia fechar com a KAPLAN, mas agora vou procurar outra escola.
    ABÇ.

    ResponderExcluir