3 de maio de 2016

NOVO AUMENTO DE IOF SOBRE MOEDA ESTRANGEIRA EM ESPÉCIE

O governo brasileiro anunciou que a partir de hoje haverá um aumento no IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) que incide sobre a compra de moeda estrangeira, de 0,38% passou a ser de 1,1%. 




O IOF incide sobre a compra de moeda estrangeira, seja em espécie, em cartão de crédito, débito ou em cartões de viagem pré-pagos. 
Em 2011 o IOF dos cartões de crédito passou de 0,38% para 6,38%, o que fez que muita gente parasse de usar o cartão de crédito em viagens, dando preferência para o dinheiro em espécie ou o cartão pré-pago, mas não demorou muito e em 2013 subiram a alíquota deste último cartão para 6,38% também, igualando com o cartão de crédito e tirando do pré-pago sua principal vantagem que era ser 6% mais barato, além claro, de garantir a cotação da moeda estrangeira. 
E a última novidade foi aumentar o imposto para a compra de moeda em espécie, o que era e ainda é a forma mais barata de adquirir dólar, euro ou qualquer moeda estrangeira.


Não sou nenhuma especialista mas acredito que o IOF sobre moeda em espécie não chegará a 6,38% para igualar com as demais opções como alguns estão especulando, porque para este tipo de operação é necessário analisar todo o risco por trás disso, e acredito que caso a alíquota se iguale as demais, teremos a volta do mercado paralelo para este tipo de serviço, ok que o mercado paralelo de fato nunca acabou mas ele virá com força e isso não é nada interessante para o governo



E AGORA? É MELHOR VIAJAR COM REAL?

Esse aumento não significa que precisamos parar de viajar e muito menos que será mais vantajoso levar Real ao invés de Dólar para destinos internacionais.
Só é vantagem levar dólar para cidades ou países onde o dólar tem poder de compra, como Argentina, Chile e Uruguai, já para a maioria dos países o real não é interessante, então a cotação da nossa moeda cai consideravelmente, desvalorizando cerca de 15% e é melhor perde 1,1% do IOF do que perder 15%, não é mesmo?


E O QUE FAZER PARA ECONOMIZAR?

Este aumento do IOF não é considerado de grande impacto em uma viagem, pois a cada R$1.000 comprados em moeda estrangeira, será preciso pagar R$11,00 de IOF, quando antes pagávamos R$3,80, não é um valor tão absurdo, inclusive, é menor que muita diferença de câmbio de um dia pro outro.
Mas como economizar nunca é demais, a dica é pesquisar a cotação da moeda em todos os locais possíveis; em bancos, caixas eletrônicos, agências de câmbio, e só depois comprar.

O site Melhor Cambio pode ajudar na hora de pesquisar as agências de cambio, é só colocar a moeda que deseja comprar, escolher a cidade e ele faz um comparativo das principais agências de câmbio da cidade escolhida, mas ele não compara as cotações dos bancos.



E ai, estão com alguma viagem planejada? Não vale desanimar por causa desse aumento do IOF, hem?! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário